segunda-feira, 10 de agosto de 2009

A vida e suas adversidades::..

Quem sabe o que vos aguarda nos próximos anos?

Uma dose de incerteza por certa vez pode vir e bater à vossa porta e perguntar: -Você está sendo justo consigo mesmo? Uma crise existencial já tonteou suas idéias e já o fez pensar que por infortúnio ou incompetência poderás ser um fracassado seja profissional ou amorosamente?

As adversidades da vida nos trazem obstáculos cada vez mais exóticos para enfrentar. Mas em verdade vos digo: -Cada homem cria seu destino.

O velho jargão ainda é dito sem meias palavras: A vida é curta!

Viva a vida ao máximo sem frustrações. Ame os detalhes dos acontecimentos. Cause boas impressões e DESAPAREÇA com as aflições e com ansiedades do dia a dia.

Vinte anos podem sumir da sua vida como poeira alçada ao ar! Não deixe isso acontecer. Nunca é tarde.

Faça a diferença pra alguém. É uma boa maneira de começar!

Daqui 20 anos não se pergunte: "Onde foram meus vinte anos?"

Assista o vídeo e reflita (se precisar assista mais de uma vez!).

video

quinta-feira, 9 de julho de 2009

O amor superando o instinto...

video
O vídeo por si só já não solicita legenda.
A natureza mostrando mais uma vez sua perfeição.
Para fins de conhecimento Legadema trata-se de um Leopardo-fêmea.
Obrigado.

quarta-feira, 8 de julho de 2009

O segredo e os vinte reais::...

A situação, me lembro bem, era delicada. Até não tinha passado algumas necessidades como as que passava na época. Mas sempre fui otimista e procurava manter o entusiasmo mesmo nos momentos de aperto.
Era engraçado porque mesmo em momentos de pouco dinheiro sempre aparecia uma graninha.
Era sempre pouco mas era alguma coisa.
Como prestador de serviços tenho sempre uma luz no fim do tunel. Algum cliente ligando de ultima hora com um problema para ser resolvido urgentemente.
Porém naquele fatídico dia estava sem dinheiro e com a dispensa vazia. O telefone ligado e nada de ter um desgraçado de um computador com problema na cidade.
Era quase 19 horas e a fome bateu. Aquela hora foi complicada, porque sai procurando por todos os cantos da casa umas moedas para comprar qualquer coisa na padaria. Pô, minha vontade era tomar um bom café com leite, comer uns pãezinhos com queijo e presunto e ainda trazer algo para o outro dia de manhã. Mas nessa hora o que vi foi desanimador... somente alguns trocados que dariam somente para uns pãezinhos e mais nada.
Fiquei com a moral lá em baixo. Poucas vezes me vi com cara de derrotado e aquele dia era um desses.
Mas foi então que...
Foi então que não sei daonde tirei um entusiasmo repentino.
Decidi que iria caminhar 3 quadras até a padaria e que iria achar vinte reais no chão.
Decidi que iria achar.
Nada me tirava da cabeça que era só eu olhar pro chão que os vinte reais estariam lá, no caminho, me esperando.
Foi então que de posse de minhas poucas moedas e da minha esperança sai de casa em direção a padaria... caminhei a primeira quadra ainda eufórico com a minha "decisão".
Já na metade da segunda quadra comecei a caminhar mais lento e ao adentrar a terceira quadra pedi com todas as minhas forças que os vinte reais aparececem antes de chegar a padaria...
e pásmen!!! Acreditem vocês que já na porta da padaria NADA tinha acontecido!
Verdade. Os vinte reais mais desejados da minha vida não apareceram.
Minha decepção era notória...
- o que tinha acontecido? eu pedi muito, eu fui pedindo pra Deus pra me ajudar a cumprir minha 'missão'. Pô, eu li no livro O Segredo que bastava eu pedir muito que o universo iria conspirar para que meu desejo fosse realizado. Será que era tudo baboseira?
Bom, o que aconteceu então foi que eu ainda tinha algumas moedas. Poderia comprar uns 3 pães e talvez sobrassem cinco centavos.
Foi nessa hora que distraído deixei que um senhor passasse a minha frente na fila e fizesse seu pedido. Ele pediu pães e leite. Quando olhei pra ele pra fazer uma cara de poucos amigos percebi que era uma face conhecida. Ele tambem me reconheceu e foi nesse instante que senti um arrepio na espinha.
O sujeito (advogado) me devia uma visita técnica que fiz a sua residencia para ensiná-lo a operar uma pen drive.
Ele olhou pra mim e disse:
- Junior, nós já acertamos aquela sua visita?
eu disse que não e ele disse:
- Espera um pouco deixa eu ver aqui se tenho mais dinheiro.
Bom resumindo um pouco ele me pagou o que tínhamos combinado.
Eu na mesma hora olhei pra atendente e pedi dez pães, trezentas gramas de queijo, trezentas de presunto, leite, comprei uma cuca, uma perna de salame e ainda um patê.
Saí correndo da padaria e fui correndo pra casa sem acreditar que tinha conseguido comprar tudo aquilo.
Era inacreditável que aquilo tinha acontecido. Eu acabei me concentrando tanto em achar dinheiro no chão que esqueci que existem milhares de maneiras de Deus se manifestar.
Era como se tivesse ganhado na loteria...
foi um dia com certeza inesquecível.
Ah! quase tinha esquecido de falar... aquele senhor me devia vinte reais.

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Conflito de Valores!

Conflito de valores. Uma realidade diária do Brasileiro.
No video a seguir o professor alexandre Freire coloca duas situações onde os valores pessoais e corporativos
conflitam de maneira decisiva na vidas dessas pessoas.Após analisar o vídeo faça uma dinâmica individual e verifique quantos conflitos desse tipo ocorrem no seu
dia-a-dia. Quantas vezes diariamente você precisa decidir entre suas concepções e outras determinações impostas por
gerentes ou patrões autoritários.Qual seu posicionamento?Apesar desses conflitos estarem presentes a todo instante em nossas vidas o que prevalece na verdade muitas vezes, é
o principio da proporcionalidade. A adequação, medida justa, prudente e apropriada à necessidade exigida pelo caso
presente. Ou seja a proteção de determinados valores fundamentais. Agir com bom senso e com o diálogo. Resolver de
modo à todos sairem sem maiores prejuízos.Este é um assunto delicado. Trata-se de politizar uma decisão e tentar harmonizar um ambiente da melhor forma
possível. Um caminho certo e uma correta decisão só você mesmo saberá concebê-las. Não existe regra ou mágica, o
importante e valer-se sempre da ética e do bom senso.

video